Criar um Site Grátis Fantástico

Como vender produtos de informação em 2021:

Todos nós sabemos que a Internet tornou cada vez mais possível para qualquer pessoa ganhar dinheiro online.

Mas a questão é:

Quais produtos são mais lucrativos para vender?

 

Infoprodutos mais Lucrativos

 

Pessoalmente, diria produtos de informação : Ideias de infoprodutos

Deixe-me explicar:

O motivo mais freqüentemente citado para o fracasso na inicialização é a falta de mercado. No entanto, sempre haverá uma necessidade de informações no mercado. As pessoas estão literalmente famintas por ele, o que é bastante evidente pela própria existência da Pesquisa Google.

Não apenas os produtos de informação estão em alta demanda, mas também são alguns dos produtos mais fáceis de vender. Portanto, se você é um aspirante a empresário, criador ou amador que busca gerar renda passiva, por que não começar com a escolha mais óbvia - produtos de informação?

Neste artigo, vamos dar uma olhada em:

  • Como criar um produto de informação

 

  • Como vender um produto de informação

Como bônus, também cobriremos ferramentas online, mercados e plataformas de comércio eletrônico, além de compartilhar dicas de marketing. Portanto, continue lendo para descobrir como ganhar dinheiro vendendo produtos de informação em 2021 e ganhar uma renda passiva.

Então, o que são produtos de informação?

Muitas vezes, são produtos digitais que fornecem informações e conselhos para atender a uma necessidade específica, como uma solução para um problema comum (por exemplo, “como obter tráfego para seu blog”). Tenho certeza de que você já encontrou e-books que vendem como pão quente porque contêm dicas úteis de proprietários de empresas experientes. Você provavelmente também viu anúncios de e-learning de autores e celebridades famosos

Os produtos de informação devem ser educacionais e úteis por natureza. Em outras palavras, as pessoas devem poder receber uma solução de seu produto ou algo que as beneficie. Idealmente, seu produto deve fornecer tanto valor que seus compradores continuem voltando para mais.

A verdade é que ninguém quer começar algo novo sem estar pré-informado sobre os potenciais obstáculos. Portanto, vender informações tiradas de sua própria experiência é uma ótima maneira de ajudar outras pessoas e ganhar a vida.

Também é mais provável que seus seguidores pensem em você como uma figura de autoridade estabelecida quando você fala sobre suas tentativas e erros e compartilha as lições que aprendeu ao longo do caminho. Resumindo, você pode transformar toda a sua experiência e conhecimento em um produto de informação.

Então, vamos pular direto para o nosso próximo tópico - ideias de produtos - e ajudá-lo a restringir o foco do seu negócio

Etapa 1: Decida quais produtos vender

Escolher os produtos certos para vender é crucial se você deseja ter sucesso. Para lhe dar algumas idéias, aqui está uma lista dos melhores produtos de informação de venda em 2021:

Webinars, podcasts e séries de vídeo

  • Ebooks, PDFs e revistas online
  • Audiolivros educacionais
  • Cursos online
  • Coaching e consultoria
  • Guias de instruções e tutoriais
  • Sites de membros com informações
  • Modelos e folhas de dicas
  • Listas de verificação e planilhas
  • Relatórios
  • Receitas

Como você pode ver na lista de produtos de informação acima, todos eles são vendidos digitalmente e têm uma alta demanda de mercado. De acordo com o Statista , as assinaturas (vídeos, e-books, audiolivros e revistas online) são os principais produtos de informação em que as pessoas gastam a maior parte de seu dinheiro.

Mas antes de escolher um desses produtos de informação, você precisa garantir que ele ressoe com seu público-alvo - é aqui que o marketing de nicho entra em ação

Etapa 2: procure nichos de produtos de informação

A chave para o sucesso não é vender produtos que atendam às massas, mas vender produtos de informação para um nicho de mercado específico (dica: veja a imagem acima). Dessa forma, seu mercado ficará muito mais saturado e você terá menos concorrência.

Aqui está uma lista extensa de alguns dos nichos de produtos de informação mais populares:

Fitness e perda de peso

  • Namoro e relacionamentos
  • Saúde e estilo de vida
  • Animais de estimação e bem-estar animal
  • Autocuidado e autoaperfeiçoamento
  • Construção de riqueza e finanças
  • Beleza e moda
  • Paternidade
  • Crenças ou espiritualidade
  • Integração ou adaptação cultural
  • línguas
  • Viagem, desejo de viajar ou cultura digital nômade
  • Comida e nutrição
  • Segredos de blogs ou vlogs
  • Arte e Design
  • Meditação ou relaxamento

Para obter mais informações sobre exemplos e nichos de produtos de informação , fique à vontade para explorar nossa postagem no blog sobre os 11 nichos altamente lucrativos do Instagram para 2021 .

Também vale a pena se perguntar:

Sou altamente qualificado, talentoso ou experiente em alguma coisa?


Possuo um conhecimento único sobre um determinado tópico ou área da vida?


Tenho uma paixão ou um hobby que dominei?


Outra coisa a ter em mente é que a maioria das pessoas busca inspiração online.

Os usuários online estão sempre em busca de novas ideias e tentando algo novo. Então, você pode usar isso a seu favor e vender um produto de informação altamente inovador e inspirador.

Depois de identificar seu nicho, você pode fazer uma pesquisa de mercado para ver se há concorrentes vendendo produtos semelhantes ou visando o mesmo público.

Ao validar sua ideia e conhecer seus concorrentes, você saberá exatamente como tornar seu produto ainda melhor do que a concorrência.

Minha sugestão?

Tente permanecer o mais autêntico possível aos olhos de seu público. Apesar do que é popular atualmente, sugiro inspirar-se em seu conhecimento pessoal, experiência e paixão. Você também pode perguntar à sua família ou amigos se não tiver certeza. Às vezes, é mais fácil para os outros identificarem algo excepcional sobre você.

Etapa 3: Selecione o melhor formato de informação do produto

Estamos um passo mais perto de criar seu produto de informação! Agora, vamos descobrir o melhor formato para o seu produto.

Por que o formato é importante?

Em primeiro lugar, é importante devido à preferência do seu público-alvo.

Por exemplo, eles podem adorar o seu produto de informações de condicionamento físico , mas não o formato (por exemplo, você está vendendo um e-book quando o público prefere o formato de vídeo para que possam ver você promover o condicionamento físico em ação).

Como outro exemplo, se o seu público-alvo consistir em escritores, então e-books, PDFs ou revistas podem ser mais apropriados. Ou se você fosse um pintor tentando ensinar uma técnica especial de pintura, talvez queira considerar a venda de tutoriais em vídeo.

Mas e se você for um pau para toda obra? Bem, nesse caso, sugiro ir para o formato de produto de informação mais popular: vídeo. Na verdade, um relatório da HubSpot Research revela que a maioria das pessoas deseja ver conteúdo de vídeo.

Mas, em última análise, o formato do seu produto de informação deve se resumir ao que você está confortável. Por exemplo, você adora escrever? Em seguida, comece com e-books. Você é ótimo para filmar vídeos e falar na frente da câmera? Em seguida, crie cursos em vídeo. Tímido quanto às câmeras, mas adora fazer palestras ao vivo? Em seguida, vá para gravações de áudio ou podcasts.

O que quer que você selecione, lembre-se de que o formato, o produto e o seu público devem combinar bem . Como de costume, a melhor maneira de descobrir é perguntando aos seus seguidores nas redes sociais.

Etapa 4: use ferramentas e recursos para criar seu produto de informação

Agora que você provavelmente já descobriu qual produto de informação deseja vender, é hora de explorar ferramentas e recursos online para criar seu produto. Vejamos os gratuitos e os pagos.

Criação de produtos de vídeo e áudio
Para criar produtos de informação de vídeo ou áudio, você precisa de equipamento de filmagem (um microfone , câmera de vídeo ou smartphone), boa iluminação e vontade de se apresentar.

Aplicativos e plataformas para criação e edição de vídeo / áudio:

Instagram (histórias, IGTV , ao vivo). Filme vídeos ao vivo usando a câmera do smartphone ou carregue vídeos que foram filmados com uma câmera de vídeo. Use os filtros e efeitos especiais do Instagram para edição.

Facebook (histórias, assistir, ao vivo). Quase idêntico ao Instagram, mas com seus próprios filtros e efeitos de edição de vídeo. Use o Estúdio de Criação para gerenciar e publicar seus vídeos.

Placeit . Mais de centenas de modelos disponíveis para compra (por exemplo, introduções do

YouTube, apresentações de slides predefinidas, modelos de texto em vídeo, etc.).

SoundCloud . Serviço de hospedagem de podcast com recursos de gravação de podcast no aplicativo para usuários do iPhone (para Android, experimente Anchor ou Spreaker ).

Audacity . Aplicativo de edição de áudio gratuito para podcasters.
Liquidificador . Software de desktop de edição de vídeo gratuito do YouTube.

VideoShow . Um aplicativo de edição de vídeo gratuito premiado para Android.
Além disso, dê uma olhada nos artigos de Sellfy sobre a criação de conteúdo de vídeo: 27 maneiras geniais de ganhar dinheiro no YouTube e como iniciar um vlog que lhe dê dinheiro

Ebooks, PDFs, tutoriais, revistas, modelos, etc.

Ebooks educacionais, revistas online e outros tipos de modelos se tornaram extremamente populares no mundo da mídia social. De acordo com o Statista, a penetração de usuários deve chegar a 15,9% até 2024 . Isso indica que os produtos de informação vieram para ficar. A melhor parte? Tudo que você precisa é um computador para criar um.

Plataformas e mercados com e-books e outros modelos prontos:

Canva . Projetar um e-book de alta qualidade no Canva é gratuito, mas você precisará pagar por quaisquer imagens em seu design se não quiser marcas d'água.

Beacon . Modelos pré-fabricados gratuitos podem ser usados ​​para criar ebooks e PDFs ou qualquer outro tipo de modelo de informação.

Mercado criativo . Modelos de designer disponíveis para compra (de designs de e-books e revistas on-line a folhas de dicas, listas de verificação, planilhas e muito mais).

Etsy . Outro mercado online que possui todos os modelos de que você realmente precisa.

Blurb . Com o software BookWright do Blurb, você pode criar ebooks, PDFs, revistas e obter modelos personalizáveis ​​gratuitos. Você também pode usar o plugin Adobe InDesign ou PDF Uploader.

Microsoft Office . Modelos personalizáveis ​​premium para Microsoft Word (de boletins informativos a diários de fitness).

Para obter mais informações sobre como criar um e-book, sinta-se à vontade para verificar nosso artigo sobre 8 maneiras gratuitas e pagas de criar uma capa de e-book incrível .

Os recursos que mencionei acima também podem ser usados ​​para criar cursos online, receitas, tutoriais, guias de procedimentos ou qualquer outro tipo de produto de informação. Mas, para coaching, ensino e consultoria, recomendo ter seu próprio site.

Como vender um produto de informação

Você tem um produto de informação que deseja vender e um público-alvo? Você decidiu quais recursos usará para criar seu produto de informação?

Se você respondeu sim a todas as perguntas acima, você já foi longe o suficiente para começar a vender.

Isso nos leva à nossa próxima grande questão:

Como faço para vender meu próprio produto?

Vamos descobrir.

Etapa 5: Escolha a melhor forma de vender

Qual é a melhor forma de vender ? Isso realmente depende do tipo de produto de informação que você tem. Existem basicamente duas opções: um mercado online ou um site / plataforma de comércio eletrônico.

Venda de produtos de informação em um mercado

As vantagens de vender produtos de informação em um mercado incluem um mercado já estabelecido, uma grande base de clientes, envio e entrega fáceis do produto, sem preocupações com o estoque de produtos. As desvantagens incluem falta de SEO, nenhuma personalização da loja, baixa visibilidade da marca, maior competição, nenhum foco no vendedor, pagamento atrasado, nenhuma lealdade do cliente e análise.

Principais mercados e plataformas para a venda de produtos de informação:

Amazon . Vender produtos de informação na Amazon pode dar a você alcance internacional graças ao seu grande volume de consumidores. Contras: as taxas de mercado são deduzidas como uma porcentagem de cada venda, dando a você controle limitado sobre seus ganhos. Você pode vender e-books por meio do Kindle Direct Publishing da Amazon ou conteúdo de vídeo por meio do Video Direct da Amazon . Se você deseja publicar na Amazon, você deve seguir suas diretrizes rígidas .

eBay . Sem restrições quanto aos tipos de arquivos digitais que você pode vender. Contra: como vendedor, você ainda precisa pagar altas taxas de mercado .

ITunes Store da Apple . Destinada a autores que desejam vender livros, vídeos e muito mais. Contra: uma comissão sobre cada venda deve ser paga ao iTunes.

Udemy . O hub para professores e treinadores que desejam vender cursos em vídeo. Contra: você só consegue manter 50% da receita se seus clientes chegarem por meio da pesquisa orgânica.

YouTube . A opção mais popular para criadores de conteúdo de vídeo que desejam combinar várias fontes de receita (receita de anúncios, receita do YouTube Premium, membros do canal, etc.). Contra: levará algum tempo para reunir um público substancial e começar a ganhar. Para dicas sobre como ganhar dinheiro no YouTube, confira nosso artigo sobre 27 maneiras geniais de ganhar dinheiro no YouTube .

Vimeo . Uma alternativa ao YouTube. Os assinantes do Vimeo PRO obtêm 90% da receita após os custos de transação. Contra: há uma taxa de US $ 20 / mês que é cobrada anualmente.
Compartilhamento de habilidades . Outra plataforma de hospedagem de cursos com um modelo de assinatura onde você pode ganhar com Referências Premium ou Royalties. Con: os pagamentos são enviados apenas pelo PayPal.

Pode ser ensinado . Semelhante ao Skillshare, mas com mais recursos, como obter o site da sua própria escola com um blog e hospedagem de vídeo ilimitada. Contras: falta de customização, nenhuma maneira de marcar sua escola em branco, nenhum tráfego orgânico.

Blurb . Um serviço de autopublicação onde você pode vender ebooks, PDFs e revistas na

Amazon, Apple iBooks Store, Blurb's Bookstore, Ingram e Kickstarter. Contras: é caro começar e seu software não é intuitivo.

SoundCloud . Você pode ganhar dinheiro com suas faixas (podcasts, gravações de áudio) quando estiver qualificado para monetização. Con: SoundCloud é um modelo de divisão de receita, então o valor que você recebe varia e depende de quantos fãs transmitiram suas faixas.

Dê uma olhada em nosso artigo sobre como ganhar dinheiro no SoundCloud para mais informações.

Como você pode ver, a maioria dos mercados online tem taxas e suas próprias regras e regulamentos. Embora alguns deles sejam ótimos para iniciantes que não têm muitos seguidores, seu produto não será descoberto pelos clientes a menos que eles procurem especificamente por seu produto. Isso significa que seu produto deve ter uma demanda de mercado muito alta e deve ser específico de um nicho o suficiente para que as pessoas o escolham em vez de outros concorrentes.

Venda de produtos de informação em uma plataforma de comércio eletrônico

Quando você vende informações para um nicho, está se estabelecendo como uma figura de autoridade em um determinado mercado. É por isso que ter seu próprio site é tão importante - dá à sua marca uma vibração mais séria e profissional. Ao vender no seu próprio site, você também se diferencia dos outros vendedores.

A desvantagem disso é que você só será descoberto por meio da pesquisa orgânica quando houver conhecimento de marca suficiente em torno de seu produto. Mas não deixe que isso o impeça de criar seu próprio site. Você sempre pode usar ferramentas de marketing, SEO e plataformas de mídia social para obter reconhecimento.

Então, vamos dar uma olhada nas principais plataformas de comércio eletrônico para a venda de produtos de informação:

Shopify . Para vender produtos de informação no Shopify, você precisa baixar o aplicativo Downloads digitais e configurar modelos de e-mail para produtos digitais . Contras: o tamanho máximo do arquivo é de apenas 5 GB e você só pode fazer upload de um arquivo por produto; também há taxas de transação adicionais.

BigCommerce . Uma alternativa ao Shopify que não tem taxas de transação. Contras: o tamanho máximo de upload do arquivo é de apenas 512 MB; dificuldade de gerenciar as taxas de MOSS de IVA na venda de produtos digitais.

WooCommerce . Um plug-in gratuito do WordPress para a venda de produtos de informação como itens virtuais e para download, incluindo sites de membros e assinaturas WooCommerce . Outra opção é usar o plugin Easy Digital Downloads (para obter um carrinho de compras).

Contras: isso requer um site desenvolvido em WordPress, que pode ser bastante caro dependendo da hospedagem; também não há suporte técnico direto.

Polia do Grande Cartel . Não há taxas de transação, é fácil de configurar e você não precisa de experiência em codificação. Contras: um complemento ao preço de $ 6 / mês é necessário para a venda de produtos de informação.

E, por último, mas não menos importante, há Sellfy - a solução de comércio eletrônico mais fácil para vender produtos de informação. Eu direi o porquê na próxima etapa.

Então, por que Sellfy?

Sellfy foi projetado especificamente para criadores que odeiam complexidade, mas querem resultados. Se você está procurando uma solução de comércio eletrônico multifuncional acessível que seja compatível com dispositivos móveis, Sellfy é a sua resposta . A melhor parte? Recebendo pagamentos imediatamente após a compra. Sim, você literalmente será pago no momento em que um cliente comprar um produto de você.

Quer você queira vender assinaturas ou produtos de informação como downloads digitais , Sellfy tem tudo de que você precisa. Você pode literalmente vender praticamente qualquer tipo de produto de informação imaginável:

  1. Ebooks e PDFs
  2. Tutoriais em vídeo e filmes
  3. Boletins informativos por e-mail
  4. Licenças
  5. Produtos embalados
  6. Membros da comunidade
  7. Serviços e conteúdo exclusivo
  8. Audiolivros e tutoriais

Ao contrário da maioria das plataformas de comércio eletrônico, Sellfy tem suas próprias ferramentas de marketing integradas, descontos, códigos de cupom e muito mais. Além disso, Sellfy também tem largura de banda ilimitada e suporte a arquivos grandes, para que você não precise se preocupar com armazenamento. Você pode fazer upload de arquivos digitais de até 10 GB, que é duas vezes maior que a capacidade máxima de tamanho de arquivo do Shopify.

Aqui estão algumas etapas rápidas para começar:

Escolha um plano de assinatura (inicial, empresarial ou premium) para iniciar um teste gratuito de 14 dias e , em seguida, verifique seu endereço de e-mail. A melhor parte? Sem taxas ou custos ocultos. Lembre-se de que você também pode atualizar sua conta a qualquer momento. Uma atualização lhe dará acesso a recursos adicionais.
Personalize sua loja , faça upload de produtos digitais e teste os recursos de Sellfy durante seu teste gratuito. Você também pode fazer upload de vários arquivos e streaming de vídeos.
Baixe o aplicativo móvel Sellfy na App Store ou Google Play para ter uma visão geral constante de seus dados de vendas, análises e histórico de pedidos. O aplicativo também irá notificá-lo sobre novos pedidos e enviar relatórios úteis.
E, o mais importante, tire o máximo proveito das ferramentas de marketing integradas de Sellfy.

Outra grande vantagem do Sellfy é que ele se integra facilmente ao PayPal . Aprenda como usar essa integração a seu favor em nosso artigo sobre como vender downloads digitais e PDF com o PayPal em 4 etapas fáceis.

Etapa 7: Promova seu produto de informação e gere tráfego de mídia social

Agora, aqui vem a parte final: promover seu produto de informação. Isso é especialmente importante se você tiver seu próprio site. Para atingir seu público-alvo, você precisa definir uma estratégia de marketing.

Veja como promover seu produto de informação, vender mais e ganhar novos clientes:

Instagram . Se você está procurando uma maneira de promover no Instagram, siga nosso guia de 9 etapas sobre como mudar para uma conta empresarial, criar conteúdo envolvente e obter o máximo das histórias do Instagram, publicidade, ferramentas de venda e compras. Você também pode acessar nosso artigo no blog sobre 23 maneiras de aumentar o engajamento no Instagram e verificar algumas das melhores ferramentas de marketing do Instagram que você deve conhecer .

Facebook . Embora você não possa vender downloads digitais no Facebook, ainda pode usar a plataforma para promover seus produtos de informação com anúncios. Uma das melhores táticas de marketing é criar uma página no Facebook e um grupo e, em seguida, vinculá-los.

Use isso a seu favor para se estabelecer como uma figura de autoridade em seu nicho, de modo que, quando as pessoas pesquisarem seu nome ou produto no Google, sua página será exibida.

Você pode usar essa página para criar anúncios e campanhas de marketing. Se você estiver usando Sellfy, verifique a integração de Sellfy com o Facebook .

Anúncios pagos ou direcionados . O tráfego orgânico nem sempre traz vendas, então outra opção é optar por publicidade paga. Você pode usar o Instagram ou o Facebook para criar anúncios direcionados. Por exemplo, você pode impulsionar uma postagem em sua página para melhor visibilidade. Instagram e Facebook são bastante semelhantes em termos de publicidade, mas também existem diferenças importantes que podem afetar sua receita. A menos que você planeje usar os dois, recomendamos a leitura do artigo do Sprout Social para entender qual é o melhor para o seu negócio .

Analytics e descontos . Para entender como está o desempenho do seu negócio, você deve consultar o Instagram Insights , o Google Analytics ou o Sellfy Analytics . Outra ótima ferramenta é o Gerenciador de descontos de Sellfy para criar descontos, vendas e códigos de cupom.

Marketing por email . Você pode facilmente executar campanhas de e -mail com a ferramenta de marketing por e-mail integrada da Sellfy e atingir públicos específicos. Use esta ferramenta para notificar seus clientes sobre lançamentos de novos produtos, ofertas, atualizações, brindes, etc. Sellfy também garante que sua lista de e-mail esteja em conformidade com o GDPR .

Venda cruzada e upsell . O upsell consiste em persuadir seu cliente a comprar algo adicional, e o cross-selling consiste em oferecer produtos complementares aos pedidos dos clientes. Você pode vender mais com o recurso de upsell de Sellfy e coletar assinantes de boletins informativos, enviar atualizações de produtos, adicionar pixels de anúncios do Facebook para criar anúncios, etc.

É hora de começar a vender seu produto de informação

Como você pode ver, com as ferramentas e recursos certos, vender produtos de informação online pode ser uma forma muito lucrativa de obter uma renda. Contanto que você siga um plano de marketing e implemente as dicas práticas que dei neste artigo, você está pronto para começar!

Se você achou nosso artigo útil para dar o pontapé inicial no seu negócio de produtos de informação, sinta-se à vontade para nos informar nos comentários

O redator interno de Sellfy com uma paixão genuína por escrever e comércio eletrônico.